Auto análise sobre Psicossomática

Você já ouviu inúmeras pessoas e profissionais da saúde tanto física quanto psicológica dizer que você está somatizando…?

O que é somatizar, ou melhor dizendo, psicosomatizar? Soma quer dizer corpo em grego moderno. Nosso corpo é composto por um conjunto, uma soma de órgãos, sistemas, estruturas…ou também fora desses conceitos, podemos entender como um número total. E a psique, nossa “alma” Por isso psicossomática.

Quando as questões emocionais, psíquicas não são elaboradas, compreendidas, as energias não são estáveis.  Essa energia pode se acumular em um órgão ou sistema especifico, deixando de fluir por dificuldades de elaboração, ou seja, vai ser convertido em algum transtorno físico ou mental. E assim transformar (conflitos psíquicos) em afecções de órgãos ou em problemas psicossomáticos. Tanto no físico quanto no mental. Deve-se considerar os fatores biológicos, psíquicos, sociais/culturais e familiares como contribuintes desencadeadores das psicosomatizações.

Vamos pensar naquela dor de estomago que você inesperadamente sente, e ao fazer exames com especialista (gastro), não apareceu nenhuma gastrite, ulcera ou outra…ainda! A função do estômago é digerir… O que você não está digerindo em sua vida? Que energia pode estar se acumulando nesse órgão e porquê? Costuma-se ouvir a pessoa dizer: não consigo engolir essa situação! Isso me dá muita raiva! Ou então: estou com a cabeça cheia de preocupação, de problemas como se fosse estourar…Dores de cabeça, enxaqueca, insônia, tonturas…A pessoa se vê batendo cabeça!

Os problemas de cálculo renal é outro, a famosa “pedra nos Rins”. A função dos rins é filtrar, eliminar impurezas e você de uma hora para outra sente dores, cólicas renais insuportáveis, vai ao médico e esse diz que você precisa eliminar essas “pedras”. Que situações, lixos emocionais você acumula, não resolve, não libera?

O nosso corpo responde aos nossos sentidos como: ver, ouvir, falar, degustar, sentir, “pensar, imaginar”. Até as imagens simbólicas provenientes dos sonhos serão processadas em nosso corpo físico e emocional. Inúmeras vezes seu inconsciente está te mandando recados através dos “sonhos” ou pesadelos.

As doenças são resultado dessa energia que não encontrou um fluir, um caminho e ficou estagnada no órgão que mais simboliza a situação vivenciada. Até os vírus e bactérias podem encontrar mais facilidade, oportunidade em uma pessoa com essa energia parada que contribui para baixar as defesas imunológicas. Pensa nisso e veja se você consciente ou inconscientemente não está produzindo, criando suas “doenças”!

O primeiro passo para se curar é curar seus sentimentos e pensamentos. Você pode estar no auxílio de excelentes médicos, psicoterapeutas ou terapeutas e mesmo assim não “soltar” suas dores, raivas, medos, tristezas, frustrações, ressentimentos, magoas, ou seja, seus sofrimentos.

Quando o órgão que adoeceu é analisado, a pessoa diz que tem o coração, os rins, o estomago entre outros, fraco! Mas é o contrário, esse órgão foi muito exigido além de suas funções físicas, portanto o órgão é forte, no entanto não suportou essa sobrecarga de energia parada, “suja”, pois você não quis rever seus pensamentos e sentimentos…

Busca ajuda e faça uma avaliação de como você vem se sabotando no amor próprio, no auto cuidado, achando que o que sente pelos outros vai atingi-los e assim você resolve aquelas raivas, mágoas, tristezas…

Compartilhar

Facebook
WhatsApp
Picture of Lili Marlene Gobbi
Lili Marlene Gobbi

Psicóloga - Parapsicóloga - Psicoterapeuta - CRP 08/10486

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *